STILL LIVE

Still life, de Beatrice Ciotti, representa uma coleção de objetos comuns ou elementos naturais principalmente inanimados. A inspiração nasce do grande Giorgio Morandi, pintor italiano que representava, com um aspeto solene e severo, um conjunto de objetos simples do quotidiano. Texturas e cores nascem com a intenção de carregar significado, expressividade e drama à objetos imortalizados na vida real e tornados eternos na sua consistência, forma e dimensão. Beatrice utilizou das cinzas de diversas árvores para cumprir com o seu objetivo: a cinza, combinada com fundente em diferentes percentagens, colaborou para superfícies de aspeto rochoso, poeirento, fossilizado e áspero. No específico, o que resultou melhor foi a cinza do sobreiro, árvore da cortiça, vastamente difundida em Portugal. Com isso, chega-se a conclusão que cada região tem sua própria vegetação e que os vidrados de cinzas serão sempre únicos, dependendo da localização geográfica.

_MG_7403.jpg
_MG_7408.jpg
_MG_4308.jpg
_MG_7275.jpg
_MG_7412.jpg
  • Facebook
  • Instagram

info@curvaatelier.com

Rua Antonio Maria Baptista, 14

Penha de França. Lisboa, Portugal - 1170-027